Buscar

A Necessidade do “Nada” na Vida das Crianças | Indicação de Leitura

Nos últimos anos e não só por conta da maternidade, tenho me interessado muito quando o assunto é desenvolvimento infantil, pois o que acontece com o indivíduo desde que ele nasce e na infância é o que mais impacta em sua vida adulta.

Para entender o comportamento de um adulto, comece a analisar a sua vida desde o início e você vai entender o porquê de suas ações e reações. É muito interessante ver a correlação!

Além disso, acho muito preocupante o modo como as pessoas, de forma geral, têm enfrentado (ou não) os desafios da vida e se relacionado (ou não) com outras pessoas nos últimos anos, não só por conta da tecnologia, mas pela falta de segurança nas cidades, o aumento absurdo da carga horária de trabalho, dependendo da região, entre outros pontos.

E as nossas crianças são as mais afetadas nisso tudo, direta ou indiretamente. Por isso, achei interessante compartilhar a leitura abaixo para que possamos pensar melhor no que temos planejado para o futuro deles e o que temos exigido para o seu presente.

Sabe aquela frase “Deixa….ele/ela ainda é uma criança”, mas até onde temos permitido que elas realmente vivam a sua infância, deixem a imaginação fluir e se relacionarem com outras crianças e aprenderem o que é viver em comunidade?

E o que mais me assusta é ver jovens e adultos que, hoje, já não conseguem viver sequer alguns minutos sem fazer ‘nada’, sem se sentirem culpados. E quantos casos de ansiedade, depressão, síndrome do pânico, etc, não têm se tornado mais comuns?

Uma reflexão para você, para mim e para todos.

*Para ler o texto na íntegra, clique na imagem abaixo. 

A necessidade do “nada” na vida das crianças

#indicaçãodeleitura #educação #saúdemental #desenvolvimentopessoal #autoconhecimento #criança #ansiedade

Posts recentes

Ver tudo

Eu, assim como você, estou preocupada com o futuro e passei por um luto nas primeiras duas semanas da quarentena até aceitar que os meus planos naquele momento teriam que ser adiados e que as ações qu