Buscar

Cadê o bom senso?

Eu moro num condomínio com dois edifícios e sempre me pergunto como será em outros condomínios maiores se, no meu, já há tanta confusão apenas por uma causa: falta de bom senso.

E as maiores discussões estão centralizadas nas vagas do estacionamento. As vagas são demarcadas apenas com faixas amarelas. Há pessoas que “não conseguem” estacionar o carro dentro de tais faixas e ainda têm a cara de pau de te falar “quando o meu carro invadir a sua vaga, me manda uma mensagem no whatsapp que eu venho acertar o carro para você“.


what

Ah, claro, agora a responsabilidade e obrigação do meu vizinho são minhas??

Ou ainda quando quiseram discutir com a síndica sobre o rodízio de água do condomínio, alegando que “…não é tão importante agora. Precisamos resolver sobre as cadeiras da piscina”.

Oi, bom senso! Já passou da hora de voltar para esse mundo, não acha? 

Outros casos nos quais a falta de bom senso predomina são os relacionados aos interesses públicos no país como ciclofaixas, redução de velocidade, táxi/Uber, preconceito, assédio, etc. Primeiro, como discutir estes assuntos se as pessoas não se ouvem mais e nem respeitam a opinião alheia? Segundo, como discutir sobre essas questões sem analisar a viabilidade e o problema como um todo para fazer um trabalho na raiz de tudo? Vejo muitas pessoas batendo no peito por uma causa sem analisar o todo e na primeira oportunidade, apontam o dedo e/ou agridem (verbal ou até fisicamente) aquele que for contra em algum ponto. 

Não há mais clareza nas informações, coerência, muito menos bom senso nas pessoas. E é impressionante como muitas ainda acham que você fica de mi mi mi por nada. Não!! É questão de respeito com o limite do próximo e de direitos como cidadãos também. 

Todos deveriam pensar melhor sobre as suas atitudes, pois se há algo que a vida me prova desde sempre é que as minhas intenções e os meus atos voltam na mesma ou na maior intensidade. Você não precisa abraçar a todos que encontrar. Basta respeitar e ter bom senso nas suas ações. Com certeza, viveríamos muito melhor, não apenas com relação ao próximo, mas com relação à nós mesmos.

#experiências #direcionamento #comportamento #aprendizado #comunidade

Posts recentes

Ver tudo

Eu, assim como você, estou preocupada com o futuro e passei por um luto nas primeiras duas semanas da quarentena até aceitar que os meus planos naquele momento teriam que ser adiados e que as ações qu