Buscar

Conhece o Método Kanban ou Gestão Visual?

Método Kanban, Gestão Visual, Sistema Toyota ou Sistema Just In Time foi criado no Japão, na década de 70, com o intuito de minimizar atrasos na produção da empresa.

Esse método é aplicado, atualmente, em qualquer empresa, independente do segmento e pode ser feito através de um sistema ou até mesmo, o bom e velho bloco adesivo.

Nesse método, você tem 3 colunas: o “To Do” (A Fazer), “Doing” (Em Andamento) e “Done” (Concluído). Você e/ou sua empresa, claro, podem criar outros campos, caso houver necessidade de um mapeamento do processo de forma mais detalhada.

Em cada bloco adesivo ou de anotações, escreve-se apenas uma tarefa a ser executada, o nome do responsável pela mesma e prazo de conclusão. Conforme o desenvolvimento dessa tarefa, o próprio responsável muda o cartão de acordo com as colunas.

Método Kanban ou Gestão Visual
Método Kanban ou Gestão Visual

Eu, particularmente, prefiro a versão simplificada para todas as técnicas de organização e planejamento, assim como venho compartilhando nos meus posts, mas isso é totalmente preferencial e relativo.

Método Kanban ou Gestão Visual
Método Kanban ou Gestão Visual

Com isso, é possível acompanhar e gerir as tarefas e andamento dos processos da empresa e também, é possível identificar retrabalhos, a produtividade das equipes e da empresa como um todo e o desempenho dos colaboradores.

E esse método pode ser aplicado de várias formas, seja na empresa como um todo, numa área específica ou em todas as áreas, mas separadamente e também na vida pessoal.

Para quem é muito visual com relação à organização das tarefas e/ou é microempresário, recomendo muito a utilização dessa técnica. Assim, você não se perde em meio à tantas anotações e projetos em andamento, conseguindo gerir tudo o que precisa.

Já conhecia essa técnica? E como a aplica? Compartilha aqui a sua experiência com esta ferramenta 😉

#gerenciamentodedados #gestão #coaching #organizaçãocorporativa #organizaçãopessoal #gestãodetarefas

Posts recentes

Ver tudo

Eu, assim como você, estou preocupada com o futuro e passei por um luto nas primeiras duas semanas da quarentena até aceitar que os meus planos naquele momento teriam que ser adiados e que as ações qu