Buscar

Mude o foco do seu pensamento e o que te cerca fará outro sentido para você

Nas últimas sexta e sábado, aconteceu de tudo, a ponto de eu pensar: “Quando você acha que não tem mais nada para dar errado…pois é, dá!”.

Fiquei estressada, irritada, ansiosa, preocupada…Até que, num determinado momento, em que o marido precisou muito de mim, consegui voltar para mim mesma. “Espera! Eu, neste estado, ajudo como a resolver esta situação?”

Foi aí que eu percebi que não adiantava mais ficar lutando contra o que aconteceu fora daquilo que estava nos meus planos. Já tinha acontecido! Era só eu seguir em frente.

Os desafios ainda eram os mesmos, mas a partir do momento em que eu consegui voltar ao meu centro, ao meu equilíbrio, o marido aos poucos foi voltando ao dele também. Foi a partir dessa mudança que os desafios ficaram mais leves. Foi depois daí, mais centrada e calma, que pude refletir de fato e entender que tudo aconteceu por um motivo.

Percebeu como um pensamento pode matar uma situação toda? O pensamento gera uma emoção (ou emoções) que, por fim, gera nosso comportamento. A palavra “matar”, na pergunta, tem duplo sentido e é assim que as suas emoções e comportamentos se refletirão também.

Colocamos tanta energia no que já foi (e também no que ainda não aconteceu) que esquecemos do único tempo em que mais podemos mudar as nossas vidas: agora!

“Mas, Akemi, fazer isso vai impedir que as coisas ruins aconteçam na minha vida?” Não.

“Vai impedir que eu sofra de novo?”. Não.

Acredite: mudar o foco do seu pensamento te ajuda a encarar a vida de forma mais leve, pois te deixa mais aberto a compreender o que e quem te cerca, principalmente em meio aos obstáculos e desafios que são, com certeza, os momentos em que mais aprendemos sobre a vida.


download

#experiências #compartilhamento #desafios #coaching #comportamento #autoconhecimento #positividade

Posts recentes

Ver tudo

Eu, assim como você, estou preocupada com o futuro e passei por um luto nas primeiras duas semanas da quarentena até aceitar que os meus planos naquele momento teriam que ser adiados e que as ações qu