Buscar

“Opção de ser feliz não é da empresa, é de cada um”

Ano após ano fazendo parte da rotina do mundo corporativo, eu me tornava uma funcionária e pessoa cada vez mais indignada com o modelo de gestão que as empresas têm adotado, principalmente nos últimos 5 anos.

A incessante busca pelos resultados cegou os empresários, sócios e investidores de todos os segmentos. Eles só querem saber do lucro. Sempre questionei muito o fato de que eles, profissionais tão inteligentes, ‘bem’ sucedidos e posicionados no mercado juntos aos respectivos Recursos Humanos, não vêem que o envolvimento e reconhecimento do papel do funcionário no processo como um todo é essencial para o sucesso da empresa.

“Ah, Akemi, mas é a crise?”. Mas esse comportamento vem de anos e podemos aplicar isso ao Governo do Brasil! Discussão essa que não vamos entrar em detalhes.

Enfim, quando a minha esperança já estava praticamente esgotada, eu me deparo com uma matéria da Época sobre o lançamento do livro do CEO da Elektro, Márcio Fernandes, sobre a filosofia da gestão baseada em felicidade.


552253_felicidade-da-lucro-705938_m1_635804202389824000

Ele acreditou nisso e aplicou essa gestão à Elektro, trabalhando a auto estima e desenvolvimento de cada colaborador (ele não acredita no termo ‘funcionário’), pois após este processo, cada um passou a oferecer o melhor do seu potencial e a empresa, claro, ganhou com tudo isso atingindo seus resultados de forma eficaz.

Pessoas sempre serão a parte mais importante de uma empresa. Não entendo como as grandes insistem em fazer com que as pessoas trabalhem pelo menos 12 horas por dia, ainda reclamarem da desorganização, altos pagamentos de horas extras e baixos resultados para, no fim, demitir vários por isso. Ok que há casos em que a responsabilidade é do funcionário. Mas no caso de uma demissão em massa? Todos ali são culpados?

O ser humano precisa sempre encontrar um equilíbrio entre o ser e o ter, senão ele nunca será realizado e feliz. E com certeza, isso afetará o seu desempenho e o desempenho da empresa, positiva ou negativamente.

Espalhe isso! Vamos tentar fazer isso chegar às empresas para que seja possível mudar o cenário atual de gestão.

#experiências #compartilhamento #direcionamento #leitura #gestão #pessoas

Posts recentes

Ver tudo

Eu, assim como você, estou preocupada com o futuro e passei por um luto nas primeiras duas semanas da quarentena até aceitar que os meus planos naquele momento teriam que ser adiados e que as ações qu